Os crimes da luz

17

Autor: Giulio Leoni

Capa de Livro: Os crimes da luz

Depois de surpreender os leitores em "Os Crimes do Mosaico", o genial Dante Alighieri volta para desvendar um novo e intrigante caso nesta obra. Florença, agosto de 1300. Dante, faltando poucas horas para o fim de seu mandato como prior da cidade, é chamado aos pântanos do rio Arno, onde foi encontrada uma galé encalhada. A bordo, centenas de cadáveres e os restos de um engenho. De onde veio essa embarcação com sua carga de horror? E por que, depois de algumas horas, o arquiteto do imperador Frederico II é ferozmente assassinado? Cinqüenta anos antes, Frederico II morreu no limiar de uma extraordinária descoberta. Muito mais que um thriller, "Os Crimes da Luz" é um desafio instigante para quem lê. Livro do mesmo autor de "Os Crimes do Mosaico".

Como citar este livro:

LEONI, Giulio. Os crimes da luz. Tradução Gian Bruno Grosso. 1. reimpr. São Paulo: Planeta, 2007. 366 p.