A cidade do sol

35

Autor: Khaled Hosseini

Capa de Livro: A cidade do sol

Em homenagem aos 10 anos de publicação, a Globo Livros lança edição comemorativa da obra, que traz prefácio inédito e exclusivo do autor. 1959, Herat. Do relacionamento proibido entre um rico comerciante de uma das maiores cidades do Afeganistão e uma de suas empregadas nasce Mariam, uma jovem marcada pelo ostracismo e a tragédia que, rejeitada pelo pai, vive em um casebre na periferia com a mãe, tendo como único passatempo, além dos afazeres domésticos, observar os mosquitos, as flores e as pedras. Ainda adolescente, perde a mãe e é obrigada a se casar com um desconhecido trinta anos mais velho e cumprir o seu dever como mulher: servir ao marido e lhe dar muitos filhos. O destino, entretanto, parece ter outros planos para Mariam, assim como para seu país. 1993, Cabul. Laila tem catorze anos. Filha de um intelectual, ela cresceu sendo incentivada a estudar, cursar uma universidade, ter uma carreira e só depois, se assim o desejasse, pensar em se casar. Entretanto, quando seus dois irmãos são enviados para lutar contra os soviéticos, a mãe passa a ignorá-la e a se isolar em sua tristeza. Laila se vê então obrigada a assumir as responsabilidades da casa, enquanto tenta manter sua rotina na escola, seus encontros com as amigas e sua paixão secreta pelo vizinho. Laila havia sido criada para ser quem ela quisesse, entretanto, logo a guerra irá lhe mostrar que nem sempre seus desejos podem se tornar realidade. Mariam e Laila são duas mulheres com idades, trajetórias e origens opostas que acabam unidas pelas tragédias da guerra e as restrições impostas pelo talibã. Seus destinos se cruzam de forma inexorável, e elas, em todas as suas diferenças, se provarão como suas únicas fontes de alegria, amizade e esperança. Ambas representam uma legião de mulheres afegãs que lutam todos os dias pela garantia de seus direitos mais básicos e por pequenos momentos de felicidade.

Como citar este livro:

HOSSEINI, Khaled.  A Cidade do sol. Tradução Maria Helena Rouanet. 1. ed. Rio de Janeiro: Nova Fronteira, 2007. 364 p.